Este texto não devia ser difícil, mas é

Categories: INSPIRAÇÃO

Histórias de mulheres que são super-heróis e ainda assim é difícil encontrar mulheres em algumas áreas de trabalho e, convenhamos isso não deveria ser assim tão difícil.

Esta campanha promovida pela delegação dedicada às mulheres das Nações Unidas (ONU), pretende mostrar a reduzida inclusão das mulheres no emprego, neste caso específico no Egito, mas pode ser aplicada a muitos outros países.

Esta é uma versão do jogo “Onde está o Wally?” com um pequeno twist: em vez do típico personagem (homem que usa óculos e camisola vermelha e branca) o objetivo é descobrir a única mulher em diferentes locais de trabalho, normalmente dominados pelo sexo masculino.

A campanha faz parte do programa UN Planet 50-50. “Estamos a caminhar para uma igualdade de género, cujo principal objetivo é incentivar os governos a eliminar as barreiras que impedem as mulheres de atingir todo o seu potencial”, diz a delegação dedicada às mulheres das Nações Unidas (ONU).

A iniciativa foi desenvolvida pela agência DDB Dubai e pelos ilustradores japoneses da agência IC4Design, em que vemos centenas de homens a trabalhar. O jogo torna-se mais difícil do que o original, uma vez que a pessoa que procuramos não tem nenhuma característica facilmente identificável.
O diretor da agência que desenvolveu esta campanha salienta que a escassez de mulheres no mercado de trabalho egípcio e, em muitos outros países, recebe pouca atenção da sociedade: “Embora a percentagem de mulheres que trabalham seja baixa, o assunto passa muitas vezes despercebido. Com esta campanha, é necessário passar algum tempo a procurar, e com isto é possível aumentar a a consciencialização sobre esta causa.”

Será que desta vez conseguem encontrar a mulher, ou será assim tão difícil?

Fonte: aqui.

Author: Pepblog